Filhos do Fim do Mundo

filhosdofimdomundo

“Filhos do Fim do Mundo” é o primeiro livro de Fábio M. Barreto, escritor, jornalista e cineasta brasileiro que atualmente vive em Los Angeles.

No livro a humanidade acorda para um dia em que todas as crianças de até um ano simplesmente morreram. Nem plantas e animais se salvaram, a mesma coisa aconteceu em todas as espécies. Em meio ao caos que começa a se formar o Repórter deixa sua esposa grávida em casa e parte para uma jornada afim de descobrir um jeito de salvar seu filho que ainda não nasceu.

Ao ler a sinopse fiquei muito interessada. É uma idéia sobre fim de mundo e apocalipse que eu ainda não tinha visto ser explorada.Comprei meu livro na Geek em São Paulo (paguei R$ 34,90) em um sábado a noite e na terça-feira ao fim do dia já tinha terminado de ler.

A leitura é dinâmica e me vi lendo frenéticamente porque você simplesmente não quer parar antes do fim. Sempre fica preso a ele de alguma forma, são muitos mistérios a serem descobertos e a curiosidade sempre vai te segurar.

Um dos pontos mais interessantes para mim é que os personagens não tem nomes próprios. O reporter é o Reporter, o padre é o Padre e assim por diante. Mas não pense que isso nos os deixa serem cativantes ou os mantém longe de serem personagens muito bem desenvolvidos. Aliás achei isso brilhante. As cidades também não tem nome, não há identificação de ano, o que deixa a história atemporal e faz qualquer um onde quer que esteja se imaginar naquele cenário. Poderia ser Brasil ou qualquer outro lugar.

Leitura cativante e final surpreendente, está recomendadíssimo.

Se interessar aproveite que o Barreto está em turnê com o livro por algumas cidades do Brasil e vá conhecer. Você pode ver a agenda aqui.