Blogagem Coletiva: Pela Leveza de Blogar

Apesar desse blog ter pouco mais de 4 anos minha vida na blogosfera já tem mais de uma década.

Blog era diário virtual, você lia sobre o dia a dia de alguém, as coisas que essa pessoa via e gostava, o mundo que ela queria compartilhar. Blogueiro tinha blog porque gostava de escrever, porque gostava de interagir com outras pessoas e também ler o que os outros tinham a dizer.

Era tudo mais simples, trocava-se comentários e links espontaneamente, não existia SEO, Analytics e muito menos post patrocinado. O contador de visitas era só para mostrar como o blog tinha amigos e era querido.

Esse é claro um tempo que não volta mais. E as vezes dá saudade.

Não porque é errado ter um blog que funciona comercialmente e dê retorno financeiro, muito longe disso. Se você tem um blog e ele te dá de certa forma dinheiro é ótimo, afinal nele você gasta seu tempo e empenha seu trabalho.

A questão é que parece que a blogosfera passou a se limitar a “agradar o cliente”. Falta aquela espontaneidade de antigamente, a originalidade nos textos, a camaradagem com os outros blogueiros. Isso deu espaço para uma onda de brigas, concorrências e caça por brindes.

Sou a favor da leveza de blogar, aonde o compromisso do blog é com o conteúdo, o blogueiro e o leitor. Que o peso dos números de acessos, likes e seguidores seja segundo plano e que os blogs se liberem do conteúdo engessado visando apenas lucro.

Tenha lucro, mas seja autêntico. Tenha retorno, mas seja verdadeiro.

Sempre tentei fazer o melhor no meu blog. Tento falar de tudo um pouco, posto sobre o que me agrada e minhas experiências e sou feliz com isso. Meu blog não tem um segmento definido, mas eu acho que mesmo os que tem podem sim blogar de forma mais solta.

Espero que a leveza se espalhe e que a blogosfera possa ser de novo um lugar amigável.

leveza

Essa blogagem coletiva foi ideia da Ana Lu e da Marília no grupo Blogosfera + Unida. Confira os outros blogs que também decidiram participar.

13 comments

  1. Camila Nunes says:

    Resumiu lindamente TUDO que penso em uma frase: Tenha lucro, mas seja autêntico. Tenha retorno, mas seja verdadeiro.
    Qual a graça de ganhar dinheiro sendo “falso”, automático, e ter milhões de seguidores mas que nunca interagem com vc?!
    Prefiro ter meu blog, pequenininho, mas do jeitinho que eu gosto <3
    Beijão! Nos vemos no grupo ^^

  2. Ana Lu Fragoso says:

    Taby, você verbaliza muito bem as coisas que eu penso. Acho que você achou a palavra que é o X da questão: autenticidade. Tá tudo tão igual, que além de cópias mal feitas e da falta de camaradagem, a blogosfera anda chata. Ainda bem que existe gente linda como nós, hahaha.
    Bjooooo

  3. Diise says:

    Ain que bacana, Taby!
    Tô adorando esse nosso grupo e teu texto está mais que perfeito!
    Ganhar dinheiro não é problema, o ruim é seu conteúdo depender disso. 😉
    Beijos

  4. Belezaf5 says:

    Tbm espero por um ambiente mais leve!! Igual um trabalho em uma determinada empresa! Quando o ambiente é leve, as pessoas são leves, a comunicaçao fica mais leve! Tudo fica harmonioso e a blogosfera está necessitada disso. Em alguns períodos deixei me levar por outras pessoas, mas hj não deixo isso mais acontecer. Beijos

  5. Mônica says:

    Adorei esse post. Não serei hipócrita dizendo que não fico feliz quando consigo uma parceria, ou quando vejo o número de seguiores do blog subindo, porém, quando olho para os números e comparo com o feedback que tenho, parece que algo está um pouco errado. Não sei se entende o que quero dizer. Fico imensamente feliz com aqueles leitores fieis, que se tornam amigos, que visitamos o blog e recebemos visita sem cobranças, com essa leveza que tu falas. Mas sinto falta também, dos meus primeiros blogs, de 10 anos atrás ^^

    • Taby says:

      E não tem nenhum problema em seu blog fazer sucesso né? Eu acho que o problema é quando a blogueira só pensa no brinde, no dinheiro e deixa de produzir conteudo bacana. :)

Deixe seu comentário: