Como eu vivia sem internet?

gumball

Sei que o título vai fazer muita gente pensar: “Caramba hein, mas que vício, não vive mais sem internet?”, mas não é sobre isso que estou falando.

No início da minha adolescência internet não era algo popular e poucos tinham acesso, e para falar a verdade não tinha nem muita coisa na internet, sou da época em que nem existia Google.

Sei que denuncia minha idade, mas é verdade, na minha época de adolescente nem o Google existia.

O que significa que para conhecer pessoas e fazer amigos era tudo feito “ao vivo”. Você conhecia pessoas no seu bairro, na sua escola e através de amigos que você já tinha. Não existam redes sociais para “juntar” todo mundo num lugar só. Não tinha como conhecer pessoas de outros lugares a menos que você fosse visitar ou recebesse uma visita.

Para mim isso era muito complicado. Não era extrovertida e não me sentia a vontade na frente de estranhos (na verdade não me sinto até hoje hehe). Não era popular e não saia fazendo amizades com facilidade.

Outro problema era que nem sempre você conhecia pessoas que compartilhavam os mesmos gostos que você, afinal não é porque alguém estuda na sua sala ou mora no seu bairro que ela vai gostar dos mesmos filmes, bandas e outras coisas que você gosta.

Mas daí veio a internet. E a internet mudou minha vida.

Primeiro que é mais fácil puxar assunto com alguém online, depois que com ela eu pude conhecer pessoas não só do Brasil todo, mas como também fora dele. Pessoas que gostavam das mesmas coisas que eu, que se dedicavam aos mesmos hobbies que eu e com quem eu me identificava.

Sem internet eu jamais teria conhecido o My Chemical Romance, a banda que eu mais amo, não teria feito amizades verdadeiras com outros fãs deles, teria deixado de conhecer pessoas bacanas e não teria descoberto que tinha “vizinhas” que são pessoas maravilhosas.

Porque sim, tem pessoas que moram na mesma cidade que eu, mas que sem a internet eu jamais teria conhecido.

Não estou dizendo que conhecer pessoas “ao vivo” seja ruim ou pior que pela internet, mas que a rede facilitou minha vida e trouxe amizades verdadeiras e queridas.

E sem ela eu não estaria aqui escrevendo e nem você aí lendo.

Obrigada internet.

gumball2

🙂